Série de oficinas Matemática Fundamental: Oficina 3 - Ângulos

Objeto Específico da prática de hoje*

3ª oficina da série. Oficina 3: Ângulos

Olá pessoal, aqui seguiremos discutindo abordagens diferenciadas sobre o tema. Vamos juntos?
Olá pessoal, hoje, propomos aqui a investigação mediada dos ângulos. Como sempre, a ficha de laboratório desta atividade pode ser baixada na seção de downloads do blog, na pasta ficha de laboratórios. Para fazer o download, basta clicar no arquivo: 3mf angulos.docx.

OBJETIVOS: 

1. Compreender o conceito de ângulo e identificar seus elementos. 

2. Identificar e representar ângulos retos, agudos e obtusos. 

3. Compreender a ideia de ângulo como mudança de direção.



Prática: Trabalhando com ângulos( Objetivos 1 a 3) 



Materiais da prática: 



Classificador de ângulos 




Mapa 


Fonte: Google imagens**


Instruções: Divida os alunos em equipes de 4 integrantes, que cada uma com um classificador de ângulos em mãos, deverão: 

1. Classificar os ângulos abaixo em agudo, reto, obtuso ou raso: 


a) 1º________________ 

b) 10º_______________ 

c) 30º _______________ 

d) 60º_______________ 

e) 90º_______________ 

f) 110º______________ 

g) 130º_______________ 

h) 150º_______________ 

i) 180º_______________ 



2. Com o classificador em mãos, encaixe o mapa(dobre-o ao meio para marcar onde ele deve ser encaixado bem no centro da base do transferidor) entre sua folha e seu transferidor. Tenha o cuidado de encaixá-la bem no centro e aponte a sua seta indicadora de ângulos para:

a) Hospital grau:______

b) Supermercado grau_______

c) Lanchonete grau _______

d) Correios grau_______

Respondam: O que acontece com os graus do meu instrumento quando eu altero a direção?_________________________________________________________________________________

O tempo de aplicação desta oficina é estimado em 50 minutos, espero que gostem e que nos passem suas impressões, testemunhos e sugestões, um abraço e até a próxima!


*o material concreto específico da nossa vivência que propomos hoje é simples de fazer, basta apenas um pedaço de isopor, desses que sobram no supermercado quando compramos presunto e queijo, um transferidor, canudinho, canetinha permanente e dois parafusos pequenos com  3 porquinhas(você acha em qualquer loja de ferragem, por centavos), basta fazer as marcações ao lado no isopor, fixar o transferidor no isopor com os parafusos, aproveitando para deixar uma parte do canudo fixado, a outra parte do canudo é deixada livre para girar.

** Desconheço a autoria do mapa, caso alguém a tenha, por gentileza informe-nos no formulário de contato que faremos a correção imediatamente.

SOBRE O AUTOR

Daniela Mendes Coordenadora do projeto colaborativo Laboratório Sustentável de Matemática. Doutoranda em Ensino de Matemática (UFRJ), Mestra em Educação em Ciências e Matemática-PPGEduCIMAT/UFRRJ. Professora Regente de Matemática na SEEDUCRJ- Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro- Programa dupla escola CEHC. Professora Tutora nas Licenciaturas em Matemática e Física do consórcio CEDERJ.
Facebook Twitter Instagram

Relacionados

práticas de laboratório 2217419152539104272

Postar um comentário

Vencedor na Categoria Ensino Médio

Vencedor do 2º Prêmio de Educação Científica

Recente

Popular

Destaque

Caixas misteriosas para abrir o ano letivo

Nada melhor do que começar o ano letivo despertando a curiosidade dos nossos alunos, uma vez que, segundo Rubem Alves, educar é a arte de ...


item